Área Restrita

Notícias do Site:

CLIC :---------->   Ofertas da Semana!      @ Ultimas Noticias     
00:00:00

14/02 -- Após retorno, prefeitura busca sede para GMT « voltar


Data: 14/02/2017
Local:


Os servidores que integram a Guarda Municipal de Tubarão (GMT) retornaram às ruas ontem. Desde julho do ano passado, os guardas municipais estavam realizando somente serviços internos.

A volta dos servidores só foi possibilitada pelo diálogo estabelecido com os novos gestores de Tubarão. “Em pouco tempo, conseguimos dar andamento a processos como compra de munição e efetivação do curso complementar, entre outras ações que nos motivaram a voltar às ruas”, salienta o diretor da Guarda Municipal, Joelson da Silva Mendes.

Neste primeiro dia, o prefeito Joares Ponticelli levou uma mensagem aos servidores. “Estamos muito satisfeitos com esta nova fase e esperamos que a população saiba reconhecer o esforço de vocês, renovar a confiança neste trabalho tão importante que vocês realizam e que estava fazendo muita falta. Tenho certeza de que juntos poderemos oferecer a segurança de que a população tanto necessita. Vamos dar o melhor de nós”, frisa Joares.

O prefeito informou aos servidores que estão caminhando as tratativas para aquisição de uma nova sede para a Guarda Municipal. “Já conversamos com o governador e com a nova delegada para que seja cedido ao município o imóvel no qual está localizada atualmente a Delegacia da Polícia Civil. 

Acreditamos que, até o início do segundo semestre, a Guarda já esteja instalada nessa nova sede”, planeja o prefeito.

Joares falou ainda da importância dos guardas como fiscalizadores do trânsito. “Quando o estacionamento rotativo for novamente implantado vocês terão um papel importante e decisivo. A cidade conta com vocês.”

No momento, a GMT conta com 33 guardas e o auxílio de quatro viaturas. Inicialmente, as fiscalizações serão feitas na área central da cidade, das 7 horas à meia-noite.


Curso

Uma das próximas iniciativas da prefeitura para qualificar ainda mais os guardas municipais será a oferta do curso complementar de porte de armas. Com carga horária de 102 horas, a capacitação será realizada em março pela GMT. Ministrado pela Academia de Polícia Civil de Santa Catarina (Acadepol), a grade curricular inclui aulas teóricas e práticas que priorizam a proteção. Para não haver custo com deslocamento, as aulas serão ministradas em Tubarão. A compra de munição também já foi providenciada.

DS