Área Restrita

Notícias do Site:

CLIC :---------->   Ofertas da Semana!      @ Ultimas Noticias     
00:00:00

14/02 -- Peixe busca ‘recomeço’ com novo técnico « voltar


Data: 14/02/2017
Local:


Após iniciar o Catarinense com um empate e quatro derrotas seguidas, o Atlético Tubarão tenta recomeçar na competição sob o comando de um novo treinador. Waguinho Dias foi anunciado pela direção do clube na tarde de ontem, em coletiva de imprensa. O treinador chegou a Tubarão à noite e deve iniciar o trabalho com os jogadores hoje mesmo.

O novo técnico vai ocupar o lugar de Marcelo Mabilia, que pediu demissão após a derrota do Peixe para o Internacional de Lages, por 2 a 1, no domingo.

Segundo o presidente do Atlético Tubarão SPE, Luiz Henrique Martins Ribeiro, Waguinho foi escolhido por ter, entre outras coisas, o mesmo perfil de seu antecessor. 

“Ele [Waguinho] é um profissional que sabe trabalhar com o grupo que tem, um técnico sanguíneo, que mexe com os jogadores”, disse Luiz Henrique.

O presidente também destacou o trabalho feito por Mabilia, que estava no clube desde março do ano passado e participou da campanha vitoriosa que levou o Peixe de volta à elite estadual.

“O trabalho do Mabilia mostra o grande treinador que ele é. Infelizmente as coisas não se encaixaram”, avaliou o dirigente.

Ainda conforme Luiz Henrique, a diretoria tentou preservar ao máximo a estrutura já existente, mantendo a maioria dos membros da comissão técnica. 

Além de Mabilia, saíram apenas o preparador físico Hilário de Melo e o auxiliar técnico José Leão.

Com Waguinho, chegam ao Tubarão o preparador físico Agenor Junqueira e o auxiliar técnico Gustavo Camargo.


O NOVO COMANDANTE

Waguinho Dias tem 54 anos. Na temporada passada, treinou o Internacional de Lages durante o estadual, em campanha surpreendente, terminando em quarto lugar na competição. 

Natural de Sumaré (SP), o novo técnico do Tubarão acumula passagens por vários clubes do interior paulista, como União Barbarense, Atlético Sorocaba, Rio Branco e Portuguesa Santista.

Como jogador, teve uma passagem pelo Hercílio Luz durante o Campeonato Catarinense de 1987. Waguinho vestiu as cores do grande rival do Peixe sob o comando do técnico Lauro Búrigo. Ele jogou ainda pela Ponte Preta, XV de Piracicaba, Bragantino, Mogi Mirim, Rio Branco de Americana e Esportivo de Passos (MG).


Mabilia se despede agradecendo

O técnico Marcelo Mabilia se despediu do Atlético Tubarão divulgando uma carta em que destaca o retrospecto e agradece à torcida, à comissão técnica, a atletas e dirigentes.

“Exatamente um ano depois resolvi abreviar minha continuidade na equipe, à qual sou eternamente grato. Foram 26 jogos com 14 vitórias, três empates e nove derrotas, um aproveitamento de 57% dos pontos disputados”, escreveu o treinador.

Mabilia disse ainda que a experiência como treinador do Peixe só engrandeceu o conhecimento dele no futebol e destacou a gestão profissional do time da Vila.

“Saio do clube com as portas abertas e com a certeza de que o trabalho que consegui executar na equipe me credencia para dar prosseguimento na minha carreira da melhor forma possível”, finalizou.


Presidente se diz constrangido por situação do clube e pede união

Antes de anunciar o nome do novo técnico, o presidente Luiz Henrique pediu desculpas aos torcedores, sócios, conselheiros e a todos os colaboradores do clube, dizendo que se sentia “constrangido” pela situação que o time atravessa no estadual – na lanterna, com apenas um ponto e um gol marcado em cinco partidas disputadas.

“Não conseguia imaginar um começo tão difícil [...], mas tenho certeza que a gente vai conseguir reverter esse quadro. Não é possível que a gente faça tudo certo e dê tudo errado”, desabafou o presidente do Peixe.

Depois, o dirigente solicitou a compreensão dos torcedores e disse que o clube precisa de apoio para iniciar, a partir de agora, uma nova etapa na competição, “com calma e sem críticas ácidas”, pediu.

Questionado sobre a contratação de novos nomes para o elenco, o diretor-executivo Paulo de Carvalho, também presente na coletiva, afirmou que este assunto é tratado apenas internamente. Em seguida, o presidente Luiz Henrique deu a entender que o clube pretende trazer reforços. “Temos que fazer alguma coisa. Estamos com três volantes e dois zagueiros lesionados”, comentou.

DS