Área Restrita

Notícias do Site:

CLIC :---------->   Ofertas da Semana!      @ Ultimas Noticias     
00:00:00

16/02 -- Número de assaltos preocupa « voltar


Data: 16/02/2017
Local:


Os últimos dias têm sido intensos para as forças de segurança de Tubarão e região. Furtos, roubos e assaltos têm sido mais frequentes e deixado a população preocupada, principalmente os comerciantes. Somente ontem foram dois registros: um pela manhã em Capivari de Baixo e outro no meio da tarde, no bairro Oficinas, em Tubarão, onde houve tiros durante a fuga.

O primeiro crime, em Capivari de Baixo, aconteceu em um supermercado. Três homens armados invadiram o estabelecimento por volta das 8h20 e anunciaram o assalto. No local, renderam os funcionários e apontaram uma arma, exigindo que fosse chamado o gerente. Nesta hora, ao saber da proximidade da PM, que se deslocava para o supermercado, os suspeitos fugiram em duas motocicletas sem levar nada do estabelecimento comercial. 

À tarde, Tubarão foi o alvo. Por volta das 15h, uma panificadora localizada no bairro Oficinas foi assaltada. Um homem de bicicleta chegou ao estabelecimento, se dirigiu ao caixa e, sinalizando que estava armado, exigiu dinheiro. Após pegar o valor, tentou fuga em uma bicicleta.

Um agente penitenciário que estava nas proximidades observou a movimentação e, segundo moradores, tentou interceptar o ladrão ao fazer disparos em sua direção. Porém, a polícia não confirma os disparos.


Ladrão caiu de telhado durante a fuga

O acusado, que trajava um moletom cinza, seguiu em fuga pulando muros de residências próximas, deixando rastros de sangue, bem como os R$ 183,30 levados da padaria espalhados pelo chão. De acordo com a polícia, ele não foi alvejado, mas teria se cortado nos muros durante a fuga. 

Até que em determinada casa ele caiu de um telhado e deixou para trás uma faca e o moletom que usava durante o crime. “Nunca tinha visto tamanha movimentação. Fechamos as portas do nosso estabelecimento e esperamos a chegada da polícia”, disse um comerciante. 

“Estamos preocupados. A bandidagem está cada vez pior e ganha mais espaço. Não querem mais saber se é dia ou não. E nós ficamos com essa sensação de impotência. Nem mesmo dentro de casa estamos protegidos”, fala um morador ao citar a invasão do assaltante dentro da residência. Em ambos os casos, ninguém foi preso até o fechamento desta edição.


Comando da PM afirma que já foram identificados autores de crimes

Em pouco mais de 40 dias, Tubarão registrou, segundo o comando do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM), 200 furtos e 51 roubos. Foram efetuadas 81 prisões. “Estamos com o nosso efetivo atento e trabalhamos em conjunto com a Polícia Civil para encontrar os acusados. A grande maioria dos crimes cometidos em Tubarão foi realizada por indivíduos da região e já conseguimos identificar quem são”, informa o comandante do 5º BPM, o tenente-coronel Heder Martins. 

Heder explica que não há clima de insegurança. “Mesmo com a operação Veraneio seguimos com as rondas normalmente e com efetivo disponível”, fala o comandante, ao citar que o policiamento na cidade é feito com frequência. “São indivíduos que já cometeram outros crimes e, quando soltos, voltam para a criminalidade”, analisa o comandante. 

Sobre os últimos assaltos, o comandante antecipa que as guarnições estão empenhadas nas buscas. “Em breve teremos novidades”, diz Heder, sem dar mais detalhes para não atrapalhar a investigação. “Felizmente, possuímos um dos menores índices de criminalidade do Estado. A população pode ficar ciente de que estamos atentos e trabalhando”, complementa.

DS