Área Restrita

Notícias do Site:

CLIC :---------->   Ofertas da Semana!      @ Ultimas Noticias     
00:00:00

Adesão à greve geral ganha força em Tubarão « voltar


Data: 27/04/2017
Local:


O movimento contra as reformas Trabalhista e Previdenciária, previsto para ocorrer amanhã em todo o país, ganhou força nos últimos dias também em Tubarão.  Pelo menos 21 entidades já aderiram à paralisação, conforme o comando da greve geral na cidade. 

Organizado por movimentos sindicais, sociais e de igrejas, o ato na Cidade Azul está marcado para começar às 6h30, com concentração em frente à rodoviária, na avenida Padre Geraldo Spettmann.  

Depois, os manifestantes seguem em passeata até a frente do INSS, no Centro, onde o movimento deve permanecer até as 18h. No local, serão ministradas aulas explicativas sobre o teor das reformas que o governo do presidente Michel Temer tenta aprovar no Congresso Federal.    

A manifestação deve afetar também alguns serviços públicos, como escolas municipais, estaduais e bancos. Não é possível precisar exatamente que locais vão deixar de funcionar, porque isso vai depender da adesão ou não dos funcionários no dia da paralisação.

No entanto, segundo a presidente do Sindicato dos Professores e Auxiliares de Administração Escolar de Tubarão (Sinpaaet), Gisele Vargas, a sensação comum é de que grande parte dos membros dos sindicatos deve aderir à greve geral. 

A expectativa, de acordo com ela, é de que o movimento de amanhã mobilize mais pessoas que os atos de março, que também foram feitos contra as reformas. “A gente deseja, com essa greve geral, que os deputados e senadores nos escutem, que entendam que a população não aceita a retirada de direitos”, complementa Gisele Vargas.      

O presidente do Sindicato dos Ferroviários, Jerônimo Miranda Neto, frisa que a greve geral não é organizada por nenhum partido específico. “É um protesto dos trabalhadores contra as reformas do governo, que não aceitamos”, destaca Jerônimo

DS