Área Restrita

Notícias do Site:

CLIC :---------->   Ofertas da Semana!      @ Ultimas Noticias     
00:00:00

Jovens driblam crise e empreendem « voltar


Data: 05/10/2017
Local:


Em tempos da tão malfadada crise econômica pela qual passa o país, jovens empreendedores arregaçam as mangas, driblam os obstáculos e vão em frente em busca dos seus objetivos.

Eles são empreendedores e não medem esforços para colocar em prática os planos que, muitas vezes, acalentam desde a universidade. O engenheiro químico Maurício Prätzel Ellwanger, de Tubarão, é um destes exemplos. 

No Dia do Empreendedor, comemorado hoje, Maurício, de 27 anos, proprietário de uma cervejaria em Tubarão, conta que o interesse pela área nasceu quando estava fazendo sua graduação. “A engenharia química está intrinsecamente ligada à fabricação de cervejas, e foi dali que começou meu interesse”, afirma. “Começamos, eu, meu irmão e minha esposa, a fabricar cervejas artesanais em casa primeiro, em 2012”, lembra.

Da fabricação das cervejas em casa até a abertura da fábrica, o caminho foi cheio de pesquisas e estudos. Maurício terminou sua graduação, com o trabalho de conclusão de curso voltado já para a área cervejeira. Estagiou em uma cervejaria e foi a Berlim fazer seu mestrado. Ao voltar, em 2014, já estava certo do que seria: um empreendedor no ramo das cervejas artesanais. E, junto do irmão, Erick, e da esposa, Natália Joenck Ribeiro, deu início à construção da Cervejaria Cambirela, inaugurada no ano passado.

Em um espaço amplo, o maquinário impecável fabrica mensalmente 1,5 mil cervejas por mês, divididas em três rótulos: Taurô Belgian Blond Ale, Tubá-Nharô Session IPA e Kapi’Wara Witbier e ainda empregam mais duas pessoas. Além disso, um espaço junto à fábrica, batizado de Beer Garden Cambirella, onde são realizados eventos. Hoje, além da comercialização das cervejas na própria fábrica, pontos de venda em Tubarão e até em Florianópolis oferecem o produto. 

Para Maurício, empreender no Brasil hoje não está fácil, mas ele acredita que quando se gosta do que faz e se está focado no que deseja é possível concretizar o desejo. “Tudo precisa ser feito com muita pesquisa e dedicação, que acredito que o caminho é o sucesso”, avalia.


É preciso cautela e foco para investir

O analista do Sebrae em Tubarão, Altair Lucinio Fiamoncini, explica que existem dois motivos para ser um empreendedor: a necessidade e a oportunidade. Nos dois casos, é preciso ter cautela e pesquisar as oportunidades de mercado, além de buscar ajuda especializada que mostrará o caminho e o que é preciso fazer para obter o sucesso no empreendimento.

De acordo com Altair, o empreendedor por necessidade é aquele que perdeu seu emprego e planeja usar os conhecimentos adquiridos nas experiências profissionais para montar seu próprio negócio. Já o empreendedor por oportunidade é aquele que pesquisa o que o mercado procura e alia ao seu perfil. “O Sebrae oferece soluções para estes empreendedores, com uma série de oportunidades, inclusive cursos e material grátis, além de consultoria on-line gratuita. “Por isso, reforço que para ser um empreendedor de sucesso, principalmente neste momento econômico difícil pelo qual o país atravessa, é preciso cautela e muita pesquisa de campo”, ensina.

Dia do Empreendedor

No dia 5 de outubro é comemorado o Dia do Empreendedor no Brasil e, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas, de janeiro a junho de 2017 surgiram 902.290 novas empresas de MEIs, do total de 1.142.641 companhias criadas no país no período, o que representa 10,5% a mais do que o registrado no mesmo primeiro semestre de 2016.

DS