Área Restrita

Notícias do Site:

CLIC :---------->   Ofertas da Semana!      @ Ultimas Noticias     
00:00:00

Paço Municipal, em Tubarão, pode ser vendido « voltar


Data: 26/05/2017
Local:


Foi revogada na última sessão da Câmara de Vereadores de Tubarão a Lei 1.305/87, que tratava da preservação do Parque Público e do Centro Administrativo, localizados na antiga Vila dos Engenheiros da Companhia Siderúrgica Nacional. Na prática, o imóvel onde hoje está a prefeitura pode agora ser vendido, demolido ou alterado.

De acordo com o prefeito Joares Ponticelli, a construção de uma nova sede é uma promessa de campanha que ele vai cumprir, mesmo que, para isso, seja preciso vender o atual local onde fica a prefeitura.

“Não tenho problema nenhum em assumir essa venda porque a nova sede foi inclusive uma promessa de campanha. Como fui eleito, imagino que a maior parte da população concorde que seja feito o que for preciso para que a prefeitura tenha uma nova sede, moderna, acessível e, sobretudo, que vai significar um custo menor ao município”, aponta.

A principal motivação para a proposta da nova sede é que a prefeitura teria todos os órgãos agregados em um mesmo local, gerando uma economia especialmente nos aluguéis hoje pagos pelo órgão. 

Segundo Joares, antes de dispor do imóvel, a prefeitura deve tentar um financiamento via BNDES para a construção da nova sede administrativa. “Caso não seja possível, vamos dispor do imóvel. Há possibilidade de fazer a nova sede no local, mas não seria o nosso desejo, pois o acesso é difícil, é um local muito central. Nossa intenção é construir no bairro de Oficinas”, diz o prefeito.

Ele destaca que a lei de 1987 – agora revogada – que tombava como patrimônio histórico e cultural a área da prefeitura foi aprovada, mas, depois dela, não foram feitos os procedimentos necessários para validar o tombamento, como a inscrição no livro do tombo, onde são inscritos os bens culturais em função do seu valor histórico. 

“De 1987 para hoje, foram feitas obras no Paço, em vários locais. Se o local é tombado, essas obras nem poderiam ter sido realizadas. Não foram feitos os procedimentos necessários para oficializar o tombamento”, completa Joares.

 

Opiniões divergentes

A possibilidade de o local onde hoje fica o Paço Municipal ser demolido é grande caso o imóvel seja vendido. O assunto deve gerar controvérsia entre os moradores da Cidade Azul. 

“Penso que é um local histórico, muito bonito e de grande valor para a cidade. Demolir seria uma perda para a história dos tubaronenses”, afirma Gustavo de Oliveira, morador da cidade. 

O local onde hoje é o Paço Municipal é a Antiga Vila dos Engenheiros da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). São várias casas construídas na década de 40 e que guardam as características das construções da época. O complexo envolve ainda uma grande área arborizada com plantas exóticas e algumas centenárias.

Joares afirma que a prefeitura não tem possibilidade para manter o local conservado. “Não conseguimos nem manter a Casa da Cidade, que é tombada, e outros imóveis históricos importantes para a cidade, em função da falta de recursos. Eu também acho o local muito bonito, o problema é quem vai mantê-lo”, afirma.

DS